• Thainá Carvalho

Síndrome da Passividade


Eu sou como folha seca que cai, sem mais, nem menos. Livre de escolhas, livre de si. Quem sou eu ao sabor do vento? Incapaz de dar meia volta, já escrita por estrelas, luas, planetas e pedras. Quem sou eu ao sabor do tempo? Ignoro – nada me desperta. Não me agrida, que não vou reagir. Não me diga, que não vou fazer. Não me oprima, que não vou resistir.

#síndrome #vida #sentimento #prosa

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo