© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

29.04.2018

A pane elétrica foi geral. Telefones, semáforos e máquinas de cartão de crédito não funcionavam. Não teve cursinho, novela, nem academia. As pessoas pegaram lanternas e acenderam velas velhas para esperar. Por acaso, começaram a conversar com os vizinhos nas calçadas e...

29.04.2018

Passeava vagarosamente no jardim botânico. Ouvia o canto dos pássaros que rodopiavam em cima das árvores e o som cristalino das águas que jorravam nas fontes de pedra. Escutava seus próprios passos nos paralelepípedos das alamedas e os pedaços de conversas indistintas d...

29.04.2018

Jogou a sacola de forma discreta. Agora, os papéis, os chips, e as gravações estavam na lama do fundo do rio. Nem lembrava como começou a entrar nesse bolo desde que fora eleito vereador. Uma vista grossa aqui, uma propina ali, mas claro que ele não era como os que roub...

29.04.2018

O amor era tranquilo e sem promessas. Iam a cinemas, bares e casas de amigos. Não falavam muito sobre o futuro, mas construíam sonhos no dia-a-dia. O amor era paciente, e sem manias de paixão, apesar de uma ou outra briga. Ficaram juntos por alguns anos antes de termina...

29.04.2018

Passou a frequentar a Igreja após a viuvez inesperada. Ia para fazer perguntas sem resposta e culpar Deus, porque a raiva da perda era maior que a gratidão por ter amado. Sua mulher havia sido um pouco de tudo e tudo ao mesmo tempo. Agora ele carregava o vazio e o silên...

29.04.2018

Fumava em frente ao hospital, porque era sua forma de protestar. Sua mãe nunca fumara por causa de religião e, agora, tinha câncer. Nem se importou muito quando soube da doença, pois não via a mulher desde que fugira de casa, mas resolveu visitá-la de qualquer forma. No...

29.04.2018

Saiu da cabine e foi para o convés ainda nervoso da última briga. Não adiantou nada terem embarcado naquele cruzeiro. Depois de um primeiro momento de romance forçado, continuavam a trocar insultos e gritar os rancores de treze anos de relação. Qualquer intenção sexual...

29.04.2018

Não gostava de flores em vasos. Preferia o cheiro de terra, as gotas de chuva, e a lembrança do pai jardineiro. Ela ainda o via, morto, em meio às tulipas do parque onde iam quando era criança. No dia da queda, sua mãe apenas lhe dissera que seu pai havia subido no caju...

29.04.2018

Voltava para a casa que tinha sido forçado a abandonar quando fora preso em flagrante. Retornava sem ter aprendido nada, e sem ter se arrependido de nada, porque não era um criminoso. Ele apenas empurrara, e faria tudo de novo, talvez até com mais ódio dela e do amante....

29.04.2018

Seu sonho era ir a Paris. Começou a trabalhar e planejar suas economias. Nas férias, teve que ajudar a mãe com o pai doente. Gastou todo o seu dinheiro com tratamentos, mas não adiantou. Algum tempo depois do enterro, teve depressão, e foi demitida porque vivia de atest...

Please reload

Oxente! Claro que aqui tem #textão, tem #conversa, tem #opinião, tem #lorota, tem #resenha e tem #eu. Prazer, Thainá, aspirante a escritora. Senta aí e deixa eu te contar.

  • Black Instagram Icon